Ginástica

Dicas incomuns para perder gordura do estômago e obter abs plana


Tente alguns truques novos para se livrar dessa gordura da barriga teimosa

BananaStock / BananaStock / Getty Images

Seu corpo possui dois tipos principais de gordura: a gordura visceral, que fica internamente, envolve os órgãos e confere ao estômago uma aparência dura e arredondada, e a gordura subcutânea, que fica diretamente abaixo da pele e é mais macia e fácil de tocar. Esses tipos de gordura estão relacionados à dieta, exercício, hormônios e genética. Existem algumas dicas e truques para ajudar a combater a gordura teimosa, mas nenhuma será bem-sucedida sem uma dieta adequada e uma rotina de exercícios.

Dieta rica em proteínas

A gordura subcutânea no abdome inferior responde mais à dieta do que ao exercício. Há muito pouco fluxo sanguíneo nesse tipo de gordura; portanto, não é retirada energia durante o exercício. É considerado hormonal e, portanto, sensível à insulina, explica Jade Teta, nutricionista e especialista em força e condicionamento. A insulina trabalha nas células adiposas, aumentando sua capacidade de armazenamento, interrompendo a liberação de gordura, tornando-a a gordura mais teimosa a perder. A gordura subcutânea no abdômen é composta principalmente de receptores beta androgênicos, que bloqueiam ainda mais a liberação de gordura. Dietas com pouco carboidrato, ricas em proteínas e fibras magras e saudáveis, são as melhores maneiras de bloquear a insulina e os receptores beta androgênicos, acelerando a perda de gordura subcutânea.

Arrancada

A gordura visceral tem mais fluxo sanguíneo, por isso é mais responsiva ao exercício do que a gordura subcutânea, embora isso afete ambos. De acordo com o efeito metabólico, os sprints são o exercício mais eficaz para atingir os abdominais. Não apenas o movimento intenso de corrida, o balanço do braço e a postura rígida durante o sprint mantêm o abdômen firme e forte, mas a atividade altamente intensa queima mais gordura durante e após o exercício do que os tradicionais exercícios aeróbicos ou abdominais. O cardio de alta intensidade também libera hormônio do crescimento, um hormônio que queima gorduras que preserva e protege os músculos durante a atividade. Se você é iniciante, comece com dois ou três sprints de 50 a 100 jardas, dando a si mesmo um a dois minutos para se recuperar. Cada semana, adicione uma ou duas repetições até chegar a 10 repetições, três vezes por semana.

Grão de café verde

Os grãos de café verde - café não torrado e juvenil - são uma descoberta relativamente nova. O Wellness Times afirma que os grãos de bebê contêm ácido polifenol clorogênico, que é um antioxidante e um queimador de gordura natural, e desaparecem quando o grão de café é torrado para tomar café. Os grãos também não contêm estimulantes, o que é uma vantagem para as pessoas sensíveis à cafeína. O grão de café verde está disponível como um extrato natural em forma de comprimido. O uso sugerido é de 700 mg antes das refeições, duas vezes por dia.

Água

A gordura subcutânea no abdômen tem o potencial de reter excesso de água devido ao aumento dos depósitos de íons sódio. A desidratação faz com que a gordura armazene água, mas mesmo que você se sinta hidratado, seu corpo ainda pode reter água nessa região. Segundo o Bodybuilding.com, a melhor maneira natural de liberá-lo é beber mais água. Isso envia um sinal ao seu cérebro para que seus rins excretem mais. Combine beber mais água com o corte de sódio, e você pode liberar alguns quilos. Use esta técnica se você já é magro, ativo e segue uma boa dieta, mas não consegue se livrar dessa última camada teimosa. Apontar um a dois litros de água por dia.